drakemberg

A visão longinqua daquela muralha, que corre de norte para sul ao longo da Africa austral,e à  qual nunca cheguei.ficou-me a recordação.assemelha-se,À  escarpa da chela,Angola,que tem a seus pés o deserto da namibia, que contempla, há¡ milhões de anos numa estenção de cerca de 150 kilometros.

terça-feira, outubro 19, 2004

As incertezas da tropa

»«»«»«»«»«»«»«»«»«»«»«»»«»«Depois da separação da patrulha, Entretivemo-nos a vereficar, com mais promenor o local onde nos encontrava-mos.Nunca soubèmos a motivação do comando,na execução de tal ordem.Ali; pura e simplesmente, não havia nada de relevante na nossa maneira de ver.Uma aldeia a escassos dois a três kilómetros dali, gente pacífica.Notàmos tambem que a zona era rica em goiavas,limões e mangueiras ,aquelas regorgitavam de frutos estas ,nem tanto assim.por infelicidade,nos dias que se seguiram,pudemos vereficar dado que percorríamos os caminhos que por veredas nos levavam a lado nenhum.Descobrimos tambem o que pode fazer uma alimentação pràticamente à base de goiabas e limões.Isto deveu-se ao facto de termos ido para uma patrulha de quarenta e oito horas, e quize dias depois ainda por ali andar-mos.As coisas lá para os lados do Ambrisete e Tamboco não teriam corrido muito bem.Tinha-mos levado rações de combate para dois dias! pois é; e elas se esgotaram ràpidamente.A ração de combate era mais ou menos isto:uma caixa em cujo interor se encontrava um conteudo científicamente testado, e ainda por cima made in Portugal. No seu interior dizia,encontravam-se latas de sardinhas,e atum de conserva,barrinhas de fruta cristalizada,com glicose e ainda, bolachas de água e sal,comprimidos para pôr-mos na água etc etc.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial